Livro retoma a vida e o pensamento dos fundadores da modernidade para interpretar a nova direita brasileira

Na sexta-feira, 24 de maio, na Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas da Universidade de São Paulo (USP), às 19h, acontece o lançamento do livro Discurso filosófico da acumulação primitiva: estudo sobre as origens do pensamento moderno, de Pedro Rocha de Oliveira, professor da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio). O […]

Ler mais

Breve história do progressismo antipático

Por Pedro Rocha de Oliveira Entrevista a Tadeu Breda   Que, diante da ascensão da extrema direta, as forças progressistas e de esquerda brasileira se transformaram em ferrenhas defensoras da institucionalidade injusta e desigual que vigora no país — e que até pouco tempo criticavam ferrenhamente —, todo mundo sabe. Mas ninguém ainda havia explicado […]

Ler mais

Sempre fomos modernos

Pode parecer, à primeira vista, que o que pensaram e fizeram alguns influentes intelectuais ingleses do século XVI nada tem a ver com a realidade brasileira, hoje. Mas essa suspeita se desfaz logo nas primeiras páginas de Discurso filosófico da acumulação primitiva, em que Pedro Rocha de Oliveira demonstra a imensa atualidade das ideias desenvolvidas, […]

Ler mais

A simpatia historiográfica pela modernidade

Por Pedro Rocha de Oliveira Trecho da introdução de Discurso filosófico da acumulação primitiva A historiografia sobre a origem do capitalismo esteve desde sempre marcada, a um só turno, pelo ímpeto crítico e por uma profunda simpatia pelo progresso. Chamam a isso de dialética, e, em geral, a expectativa é de que esse termo técnico […]

Ler mais