fbpx

Escutar o corpo coletivo para enfrentar a extrema direita

Por Luci Cavallero & Verónica Gago Publicado em Canal Abierto   A pouco mais de dez dias das eleições, ainda sentimos em nosso corpo a comoção provocada pela contundente vitória da ultradireita na Argentina. Não adianta ignorar que estamos sendo afetadas por estado de espírito geral. O corpo — esse campo de forças que é um […]

Ler mais

Silvia Federici no Sesc Pompeia, em São Paulo

Nesta terça-feira, 28 de novembro, às 19h30, Silvia Federici, Verónica Gago e Luci Cavallero estarão no Teatro do Sesc Pompeia para o lançamento dos dois novos livros da Elefante: Além da pele: repensar, refazer e reivindicar o corpo no capitalismo contemporâneo e Quem deve a quem? Ensaios transnacionais de desobediência financeira. O encontro promete ser ainda mais impressionante que a mesa […]

Ler mais

Silvia Federici, Verónica Gago e Luci Cavallero no Brasil

Depois de meses de muito trabalho, enfim podemos compartilhar a notícia de que Silvia Federici, Verónica Gago e Luci Cavallero desembarcam no Brasil em novembro para uma série de eventos sobre os temas dos seus novos livros: Além da pele: repensar, refazer e reivindicar o corpo no capitalismo contemporâneo, de Silvia Federici, e Quem deve a quem? Ensaios […]

Ler mais

Silvia Federici, Verónica Gago e Luci Cavallero lançam novos livros pela Elefante

  Acabamos de abrir a pré-venda com desconto de duas obras mais do que relevantes na discussão feminista, popular e de esquerda, e que marcam novos lançamentos de autoras já conhecidas de nossas leitoras e leitores. O mais novo livro de Silvia Federici, Além da pele: repensar, refazer e reivindicar o corpo no capitalismo contemporâneo, […]

Ler mais

STF e o debate brasileiro sobre aborto

Por Teresa Cristina   Não apenas educação sexual para decidir, mas para descobrir; que os contraceptivos não sejam usados apenas para que não se tenha que abortar, mas para desfrutar do sexo; e que o aborto não exista apenas para não morrer, mas para decidir. — Verónica Gago   No último 22 de setembro, em […]

Ler mais

A potência dos feminismos na luta contra a razão neoliberal na América Latina: uma entrevista com Verónica Gago

Por Mônica Vilaça e Bárbara Freitas. Publicado em Editora Criação Humana.   Esta entrevista com Verónica Gago, professora da Universidade de Buenos Aires (UBA) e da Universidade Nacional de San Martin (UNSAM), busca dialogar com as recentes movimentações construídas no bojo das lutas e interpretações que têm marcado os últimos anos na América Latina. Este […]

Ler mais

Uma análise feminista da ascensão da direita argentina

Por Verónica Gago e Luci Cavallero Tradução: Teresa Cristina Silva Publicado em Tiempo Argentino   Queremos compartilhar alguns elementos da perspectiva feminista para enriquecer o debate sobre os resultados das eleições primárias realizadas na Argentina em 13 de agosto. Não faremos interpretações definitivas, nem diremos “bem que avisamos”, nem acusaremos os eleitores do candidato de […]

Ler mais

Oito teses para aprofundar a luta feminista

Por Silvia Federici & Verónica Gago Tradução: Trama Coletiva Publicado em Revista Rosa   Vivemos um momento crucial, de aceleração da crise que o capitalismo está produzindo na vida de milhões de pessoas e de mobilizações e formas diversas de subversão da vida cotidiana empurradas pelos feminismos. Temos diante de nós muitas temáticas que necessitamos […]

Ler mais

Um enquadro feminista em Karl Marx

por Verónica Gago Tradução: Antonio Martins / Outras Palavras 1. Escrever um manifesto é criar um mundo. Ou melhor: torná-lo público. Dar conta da sua existência. Lançar luz sobre uma realidade subterrânea. Um manifesto tem força não porque seja prescritivo do que deve acontecer, mas porque reúne uma série de elementos que, considerados em conjunto, provam […]

Ler mais

Desejo e desobediência: horizontes populares feministas de luta na América

Por Eugenia Brage e Gabriela Moncau Revista de Antropologia / USP   A América Latina tem sido palco de crises econômicas, sociais e políticas; empobrecimento massivo das populações, fortalecimento de igrejas pentecostais e neopentecostais e também de movimentos e governos com ideias totalitárias. Por outro lado, vivencia também ondas de revoltas e mobilizações populares de […]

Ler mais