fbpx

O Brasil tomou ácido

Em abril de 1943, Albert Hofmann pedalava na Suíça experimentando a primeira viagem de LSD. No final dos anos 1960, a contracultura no Brasil respondia à ditadura no ritmo da Tropicália — e chapada. Em setembro de 1970, era proferida a primeira sentença do país por tráfico de dietilamida do ácido lisérgico. É por aí que se passa a História Social do LSD no […]

Ler mais

E o racismo, pode parar?

Não que seria menos grave, absurdo ou revoltante, mas, vejam bem: não foi que, no meio de um fogo cruzado, um tiro acabou pegando de raspão no carro de uma família a caminho de um chá de bebê. Não. Foram 257 disparos que partiram das mãos de soldados brasileiros no Rio de Janeiro, número confirmado dias depois da impressão inicial, de oitenta balas. “Por engano.” […]

Ler mais

De Conselheiro Vivo ao isolamento: fios de uma reflexão sobre a importância da resistência conselheirista

Por Joana Barros, Caio Marinho, Grace Alves, João Batista & Paulo Zangalli Jr. Estivemos em Quixeramobim uma semana antes do isolamento e confinamento provocado pela pandemia do coronavírus. Lá lançamos o livro Sertão, sertões: repensando contradições, reconstruindo veredas. Uma honra ter estado na cidade natal do Beato Antônio, na semana Conselheiro Vivo. O convite veio […]

Ler mais

Como o LSD chegou ao Brasil e o que aconteceu depois

Osmar Ludovico da Silva era um jovem de classe média, morador do bairro da Pompeia, em São Paulo, quando decidiu “botar o pé na estrada”, segundo suas palavras: mudou-se para a Europa antes do golpe de 1964, viveu em diversos países e se aproximou das formas de agir e pensar que compunham a nascente contracultura […]

Ler mais

2019, te amo e te odeio

Queridos leitores e leitoras, Este foi definitivamente o melhor ano da história da Editora Elefante, e lamentamos muito que meses tão bons para nossos livros, com tanto trabalho e tantos lançamentos, tenham sido, simultaneamente, tão ruins para os trabalhadores brasileiros. Por isso, não sabemos se amamos ou odiamos 2019. Talvez nutramos ambos os sentimentos pelo ano […]

Ler mais

Os sertões e os sertanejos muito além do discurso dominante

A partir da obra icônica de Euclides da Cunha e da histórica resistência de Antonio Conselheiro no arraial do Belo Monte, Sertão, sertões: repensando contradições, reconstruindo veredas, organizado por Joana Barros, Gustavo Prieto e Caio Marinho, faz uma leitura a contrapelo da história de Canudos e do imaginário sertanejo, desde a guerra que dizimou aquela população […]

Ler mais

Há um ano, lançávamos ‘Corumbiara, caso enterrado’

Foi bom demais. Vieram novos e velhos amigos, gente que conhecíamos e gente que desconhecíamos, pessoas que confirmaram presença e pessoas que apareceram de surpresa. Há um ano, lançávamos Corumbiara, caso enterrado. O frio na pança logo deu lugar a uma grande alegria por reunir tantas e tantos interessad@s em trocar ideias. Depois do evento […]

Ler mais